• Baguete

  • Hamburger

  • Chalé Burger

    Sucos

  • Porções Batata Frita

  • Milk Shake

  • Porções Especiais

  • Porções Pastéis

  • Beirute

  • Sanduíche no Pão Francês

02/08/11

Verdadeiro Sanduiche Bauru


Ingredientes:
Rosbife:

1 1/2 de contrafilé bem limpo, sem gordura ou nervo
Sal e pimenta do reino
2 cebolas medias picadas
3 colheres (sopa) de vinagre
4 colheres (sopa)  de óleo
4 colheres (sopa) de manteiga
Sanduíche:
300 g de rosbife
4 pães franceses
100 g de queijo prato de boa qualidade
100 g de queijo emmenthal
16 fatias de tomates
12 fatias de picles de pepino
Sal

Preparo:
Rosbife:

  • Tempere o contra file com sal e pimenta.
  • Coloque numa vasilha e junta a cebola e o vinagre. Deixe descansar por duas horas.
  • Amarre o contra file com barbante, para não perder a forma.
  • Espalhe a manteiga e óleo na frigideira e frite a carne no fogo médio durante 15 minutos de cada lado.
  • Deixe esfriar, corte em fatias e sirva.
    Sanduíche:
  • Tire o miolo do pães.
  • Disponha os rosbifes nos pães.
  • Derreta numa panela os queijos.
  • Coloque uma xícara (café) de água para facilitar. Misture bem os queijos, deixe derreter, ajudando com um garfo.
  • Coloque os queijos sobre o rosbife disponha também as fatias de tomate e, finalmente os pepinos.
  • Salgue levemente o tomate e o pepino por cima.
  • Sirva imediatamente, com os queijos bem quentes.

Leia Mais ►

Sanduiches: O que você sabe sobre eles?



O que você sabe sobre a origem dos sanduíches, ou sobre o nome deles?
Eu confesso que não sei muita coisa, mas tenho minha teoria. Para mim, a origem do sanduíche nasce nas mãos de alguns trabalhadores que, para suprir necessidades básicas de higiene na hora das refeições, recheavam pães com o almoço e a partir daí a coisa foi pegando gosto, dada a praticidade e combinação casual entre carnes e pães.
Penso também que era muito difícil, por preguiça ou não, lavar as marmitas logo após a forra, para evitar que os resíduos estragassem dentro delas, assim, alguém teve a idéia de levar pão para limpar o fundo antes de fechar tudo. Acredito também que algum desocupado, em meio a uma larica total, tentou satisfazer a fome a todo custo e terminou enfiando um pedaço de carne dentro do pão e chutou o pau da barraca.
Há ainda a idéia de que certo dia alguém imitou alguém que imitou outro alguém e um dia uma tiazinha achou de facilitar a vida daquele povo e começou a comercializar as proteínas junto com as saladas, tudo dentro de pães, e por ai foi.
Mas foi partir do século 19 que começou a se popularizar a idéia de almoços rápidos para trabalhadores das cidades grandes, por causa da revolução industrial. Daí então eles ganharam os cardápios das lanchonetes no mundo todo, e tudo facilitado para comer com a mão, que é inquestionavelmente mais rápido. Faz sentido?
A seguir, algumas hipóteses a respeito da nomeação dos sanduíches:
AMERICANO: Pão francês, queijo, presunto, ovo frito, alface e tomate
Nos anos 1940, os donos da lanchonete Salada Paulista, em São Paulo, aprimoraram o misto- quente (criado por lá mais ou menos na mesma época), pondo alface, ovo e bacon. Brasileiríssimo, o sanduba ganhou esse nome em homenagem à dupla ovo e bacon, popular nos Estados Unidos. Com o tempo, o bacon deixou de fazer parte da receita
BAURU: Pão francês, queijo, presunto e tomate
O estudante Casimiro Pinto, de Bauru, no interior paulista, freqüentava a lanchonete Ponto Chic, no centro de São Paulo. Um dia, no distante ano de 1939, pediu ao cozinheiro que preparasse um sanduíche com os ingredientes acima – a receita original leva rosbife no lugar do presunto. A combinação acabou sendo batizada com o nome da cidade do “inventor”
HOT-DOG: Pão e salsicha (e o que mais couber dentro)
Nos Estados Unidos, os vendedores de salsichas emprestavam luvas aos fregueses que não queriam sujar as mãos, mas elas nunca eram devolvidas. Para evitar o problema, o imigrante alemão Anton Feuchtwanger pediu ao cunhado padeiro para fazer um pão do tamanho das salsichas em 1904. O nome é uma alusão à qualidade duvidosa da carne e ao formato da salsicha, que lembra os cães da raça Dachshund, ou como são carinhosamente conhecidos por COFAP.
CHEESEBURGER: Pão, hambúrguer e queijo.
Apesar de alguns americanos terem vendido pães recheados com hambúrgueres e queijo na década de 1920, o mais esperto foi Louis Ballast, dono da lanchonete Humpty Dumpty, em Denver, no estado do Colorado, nos Estados Unidos. Ele registrou a patente do cheeseburger em 1935
BEIRUTEPão sírio, rosbife, queijo, alface, tomate, ovo frito.
O verdadeiro inventor é desconhecido, mas há algumas pistas sobre a origem do sanduba. O pão especial – hoje chamado de pão sírio – foi trazido para São Paulo no início do século 20 pelos imigrantes árabes. A partir de então, o sanduíche feito com o pão achatado ganhou esse nome dos paulistanos em homenagem aos nativos da capital libanesa
MOSTARDA, MIONESE E KETCHUP
Além de serem pouco calóricos, os dois condimentos tem outra coisa em comum: ambos são bem antigos. A mostarda já era usada por povos antigos antes de Cristo – os romanos foram os primeiros a fazer uma pasta com as sementes espremidas. Já o primeiro ketchup não tinha tomate: era uma salmoura que os chineses usavam para temperar peixes, chamada ke-tsiap. 
A maionese surgiu na França em 1756, para comemorar a vitória no início da Guerra dos Sete Anos contra a Inglaterra. A lenda diz que o molho feito com ovos surgiu depois da tomada do castelo de Saint Philip, localizado em Mahón – daí o nome original mahonnaise

Referência: http://blogs.diariodepernambuco.com.br
Leia Mais ►

Sanduíche de Mortadela


O sanduíche de mortadela do Mercadão de São Paulo é um dos ícones da gastronomia local. Um dos mais populares é aquele servido do Bar do Mané.
O famoso sanduíche surgiu de uma brincadeira dos funcionários com um cliente chato. Este sempre reclamava da pouca quantidade de mortadela em seu pão. Certo dia um dos funcionários decidiu exagerar na dose do recheio. O cliente assustou com a fartura, mas comeu o sanduíche com gosto, saboreando cada mordida de seu lanche. A partir daí não teve jeito; todos os sanduíches passaram a ser enormes.
O sanduíche de mortadela do Bar do Mané é delicioso exatamente por ser tão simples: aproximadamente 200 gramas de mortadela fatiada bem fininhas, dobradas ao meio, e postas dentro de um pão francês fresquinho e crocante. Há ainda a opção de colocar algumas folhas de alface e rodelas de tomate. Uma dica: fuja de invencionices como o recheio feito de mortadela quente, passada na chapa, que só serve para alterar o seu já delicioso sabor.

   Referência:  http://www.brasilsabor.com.br

  
Leia Mais ►

Sanduíche de Toicinho Defumado e Ovo


sanduiche de toicinho e ovo

250g de toicinho defumado, em fatias
3 ovos cozidos, picados
1/2 xíc de maionese
2 col (sopa) extrato de tomate
sal, pimenta-do-reino
alface picada
8 fatias de pão de forma
Leve o torcinho ao fogo e frite-o em sua própria gordura até que fique um pouco crocante. Escorra-os e deixe esfriar. Esmigalhar o torcinho e misture ao ovo, amassando com garfo. Acrescente, aos poucos, e amassa sempre a maionese e extrato de tomate. Se preciso, põe sal e pimenta. Tempere a alface com sal e pimenta. Coloque um pouco de alface sobre 4 fatias de pão. Espalhe 1/4 do recheio e cubra com mais alface picada. Feche os sanduiches e sirva.

http://queridosuperdiario.blogspot.com/
Referência: 
Leia Mais ►

Sanduíche de pepino com queijo branco


Ingredientes
Pasta de presunto½ xícara (chá) de margarina
100 g de presunto bem picado
Sanduíche4 pães tipo ciabatta de tamanho médio
8 fatias de queijo fresco
1 pepino tipo japonês cortado em palito
Folhas de alface roxa
Modo de preparo
Para a pasta de presunto, misture bem a margarina com o presunto até ficar homogêneo. Corte o pão ao meio, espalhe a pasta de presunto, distribua as fatias de queijo, os palitos de pepino e folhas de alface roxa. Cubra com a outra fatia e sirva.
Tempo de preparo: 15 minutos
Rendimento: 4 sanduíches

Referência: http://www.revistapenseleve.com.br
Leia Mais ►

Galeria de Sanduíches